EDGE Comemora Resultados do Segundo Piloto AIMES

Outubro de 2021

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »

AIMES Second Pilot

A 22 de outubro de 2021, a EDGE e os parceiros do projeto AIMES, Deveryware e Omnitor, realizaram o segundo piloto do projeto, envolvendo a empresa Digia Plc, que desenvolveu a App 112 Finlandesa, e o serviço 112 da Finlândia.
Os cenários criados para o Piloto na Suécia realçaram as novas capacidades do sistema AIMES, possibilitadas pela implementação da especificação técnica PEMEA que visa melhorar a eficiência e os resultados do esforço de resposta a emergências. Assim, o segundo piloto AIMES demonstrou um inovador sistema de alerta público num cenário de roaming entre a Suécia e a Finlândia, em que foram patentes as novas capacidades de tradução automática de texto e de interoperabilidade transfronteiriça do AIMES.
O segundo piloto revelou também a perspetiva do AIMES sobre as chamadas automáticas de emergência de nova geração, acionadas com base na informação recolhida de dispositivos IoT inteligentes e permitindo que informação vital da emergência seja enviada automaticamente para o serviço de emergência. O projeto AIMES explora a adoção generalizada de sensores e dispositivos IoT na criação de ambientes mais automáticos, capazes de detetar problemas, falhas ou incidentes sérios, incluindo incêndios, inundações, concentração de gases tóxicos, quedas ou emergências médicas. O protótipo demonstrado ilustrou como em dois cenários de emergência em casa – um incêndio e um desmaio causado por hiperglicemia – as chamadas automáticas de emergência podem salvar vidas quando ninguém deteta a emergência ou consegue ligar para o serviço 112. Sem intervenção humana, a demonstração provou que o Sistema AIMES tem a capacidade de realizar chamadas de emergência automáticas, enviando informação do dispositivo, do proprietário do dispositivo, da localização do dispositivo e da emergência detetada pelo dispositivo.
Os participantes no Piloto AIMES na Suécia manifestaram um forte entusiamo sobre as novas capacidades demonstradas, considerando que refletem os desafios futuros para os serviços de emergência Europeus.

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »