EDGE Completa um Ano de Trabalho no Projeto AIMES

Janeiro de 2021

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »

AIMES: Um Ano

Há um ano, a EDGE, conjuntamente com a Deveryware e a Omnitor, deu início ao Projeto AIMES que propõe oferecer ao sector de segurança pública uma solução inovadora para sistemas de resposta a emergências, incorporando tecnologias de Internet. Um dos principais objetivos do projeto é garantir uma maior acessibilidade aos serviços de emergência para todos, através de capacidades modernas de multimédia e de partilha de dados, ambicionando a implementação de um sistema de emergências interoperável à escala Europeia.
O desafio AIMES beneficiou do apoio dos membros do conselho consultivo de utilizadores finais do AIMES e produziu já um conjunto de resultados relevantes, nomeadamente a produção de requisitos para o Sistema AIMES, o desenho da arquitetura que irá suportar as novas funcionalidades AIMES e a implementação dos principais elementos da plataforma de testes AIMES.
De entre as novas funções propostas pelo Sistema AIMES, é possível realçar a interoperabilidade entre os mundos SIP (NG112) e Web (WebRTC) que, usando os standards ETSI, irá alargar a cobertura a um número maior de aplicações móveis dedicadas à resposta a emergências. Também a utilização das especificações técnicas PEMEA irá permitir que aplicações de emergência possam complementar as tecnologias existentes, como as mensagens celulares em broadcast e as mensagens SMS, bem como ultrapassar os desafios das aplicações em contexto roaming no que respeita ao acesso aos serviços 112. Em adição às chamadas de voz, o Sistema AIMES irá oferecer a capacidade de usar chat ou sessões vídeo, alargando o número de canais disponíveis para que os cidadãos possam contatar os serviços de emergência. Para completar a nova cadeia de comunicação advogada pelo inovador Sistema AIMES, a nova App para as equipas de resposta a emergências trará informação detalhada da emergência para o teatro de operações, melhorando a compreensão da situação e a eficiência da resposta.
Os passos seguintes para 2021 são a implementação dos diferentes componentes do Sistema AIMES, a sua integração e a sua validação em três cenários de demonstração, envolvendo stakeholders de relevo nos sectores dos serviços de emergência e segurança pública.

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »