A Arquitetura da Plataforma SPHINX

Outubro de 2019

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »

SPHINX

A Plataforma SPHINX reúne um conjunto de soluções de cibersegurança universais para a indústria de Saúde, que garante não só a proteção dos ecossistemas de informação das organizações que prestam cuidados de saúde, mas também a salvaguarda da privacidade e integridade dos dados dos pacientes.
O desenho da arquitetura da Plataforma SPHINX considera sobretudo a utilidade da solução para os seus utilizadores, especificamente os administradores de sistema e técnicos de cibersegurança que trabalham em organizações que prestam cuidados de saúde. Neste sentido, critérios de facilidade de compreensão, interação e navegação foram aplicados ao desenho e estrutura de apresentação da informação, com o objetivo de promover a fácil interação do utilizador com o sistema e prevenir a chamada “fadiga do operador”.
Do ponto de vista da funcionalidade, os utilizadores do sistema podem usufruir de importantes capacidades que visam facilitar não só o controlo e a monitorização do regular funcionamento do ecossistema de sistemas e tecnologias de informação da organização, mas também a prevenção e a resposta a eventuais vulnerabilidades, ameaças e incidentes de cibersegurança que afetem aquele ecossistema. De entre as funções mais icónicas, destacam-se as ferramentas de avaliação de vulnerabilidades de cibersegurança e de certificação, os quadros interativos de visualização dos dados de cibersegurança, a apresentação de alertas para apoio à ação e as listas de avaliação do estado de prontidão do sistema de cibersegurança implementado face às vulnerabilidades e ameaças conhecidas e previstas.
Na disponibilização destas funções utilitárias reside a construção de uma arquitetura assente em 21 componentes, os quais agrupam-se nos módulos de Verificação e Certificação de Dispositivos e Aplicações, de Avaliação Automática dos Riscos e Vulnerabilidades de Cibersegurança, de Apoio ao Processo de Tomada de Decisão e Atuação e de Ferramentas de Cibersegurança. Por sua vez, estes módulos articulam-se através de uma Plataforma Comum de Integração e estão acessíveis a terceiros através de um conjunto de APIs para validação da conformidade dos seus dispositivos e aplicações com os standards de cibersegurança do SPHINX.

« VOLTAR A NOTÍCIAS

ANTERIOR »        PRÓXIMA »